Os dados em cache são uma cópia temporária das informações armazenadas em um computador para acesso mais rápido.Quando você visita um site, o servidor do site envia ao seu navegador uma solicitação para a página que você está procurando.O navegador então procura em seu cache para ver se já recebeu essa solicitação do servidor.Nesse caso, o navegador não precisa enviar a solicitação novamente e pode começar a processar outras solicitações.Isso economiza tempo para você e para o site.

Quando você exclui algo do seu computador, como uma mensagem de e-mail ou documento, essas informações também são removidas do seu cache.No entanto, os dados armazenados em cache ainda podem ser encontrados em sites se tiverem sido armazenados em cache antes de serem excluídos do computador.

Existem diferentes tipos de caches:

-Cache Local: Este cache está localizado em seu computador e armazena cópias de páginas da web que você visitou localmente (nesta máquina).

-Cache da Web: esse cache armazena cópias de páginas da Web que são enviadas por sites para navegadores como parte de seu fluxo de tráfego normal.

-Server Cache: Este cache armazena cópias de páginas da web que são enviadas por sites para seus próprios servidores (em vez de serem enviadas diretamente para navegadores).

O que significa dados em cache?

Dados em cache são dados que foram armazenados em um computador ou outro dispositivo para uso futuro.Quando você acessa dados em cache, o computador ou dispositivo recupera as informações de sua memória em vez de solicitá-las da Internet.Isso pode economizar tempo e largura de banda, especialmente se você acessa frequentemente os mesmos sites.

Para pronunciar dados em cache, diga "kuh-sept".

Onde os dados em cache são armazenados?

Os dados de cache são armazenados no disco rígido do seu computador.É uma área de armazenamento temporário que ajuda a acelerar seu computador armazenando arquivos usados ​​recentemente.

Quando os dados armazenados em cache são acessados?

Os dados em cache são acessados ​​quando o usuário solicita uma página que foi exibida anteriormente.Isso pode ser feito clicando em um link em um e-mail, lendo um artigo de notícias online ou visualizando uma foto no Flickr.Os dados armazenados em cache são recuperados do servidor web e exibidos imediatamente.

Por que os dados em cache são importantes?

Os dados em cache são importantes porque aceleram o carregamento de páginas da web.Quando um usuário visita um site, o site geralmente pode solicitar pequenas informações de outros sites que o usuário visitou no passado.Esse processo é chamado de “caching” e ajuda a melhorar a velocidade de carregamento da página da web.Os dados em cache também ajudam a reduzir o uso da largura de banda e os tempos de carregamento do servidor.

Quais são os benefícios de armazenar dados em cache?

Há muitos benefícios em armazenar dados em cache.O armazenamento em cache pode melhorar o desempenho de um site reduzindo o número de solicitações feitas ao servidor.Além disso, o armazenamento em cache pode ajudar a impedir que conteúdo desatualizado seja exibido aos usuários.Por fim, o armazenamento em cache também pode ajudar a garantir que a entrada do usuário seja sempre processada de maneira consistente.

Como o cache melhora o desempenho?

O armazenamento em cache melhora o desempenho reduzindo o número de vezes que uma página da Web deve ser recuperada de um servidor.Quando uma página da Web é solicitada, o navegador envia uma solicitação ao servidor para a página.O navegador então armazena essa solicitação na memória para que possa fazer essa mesma solicitação novamente no futuro.Se a página solicitada já foi baixada e armazenada na memória anteriormente, o navegador pode recuperá-la rapidamente e exibi-la na tela sem precisar enviar outra solicitação ao servidor.

Os benefícios do armazenamento em cache são duplos: primeiro, as páginas em cache são carregadas mais rapidamente porque não precisam ser enviadas pela rede; segundo, se ocorrer um erro durante a recuperação de uma página em cache, talvez apenas parte dela precise ser retransmitida em vez de toda ela.Isso reduz o uso de largura de banda e atrasa o tempo de resposta geral da página da Web.

Existem vários tipos diferentes de mecanismos de armazenamento em cache: armazenamento em cache do lado do cliente (que acontece no navegador da Web), armazenamento em cache baseado em arquivo (onde os dados são armazenados em disco) e cache de aplicativos (um tipo especial de cache que reside em um servidor de aplicativos ). Cada um tem suas próprias vantagens e desvantagens, mas todos os três são comumente usados ​​juntos para melhorar o desempenho.

O cache do lado do cliente funciona melhor quando você tem solicitações frequentes de pequenas informações de um único URL ou conjunto de URLs.Por exemplo, se você visita frequentemente as páginas de resultados de pesquisa do Google, seu navegador armazenará esses resultados na memória para que as solicitações subsequentes dessas páginas sejam muito mais rápidas do que se você tivesse que enviar cada resultado de volta pela rede toda vez que visitasse o Google.

O cache baseado em arquivo é útil quando há grandes quantidades de dados que precisam ser armazenados temporariamente em disco antes de serem acessados ​​pelos clientes.Por exemplo, quando você visita www.yahoo.com e visualiza a apresentação de slides de sua página inicial, o Yahoo salva cópias de cada imagem para servi-las de forma assíncrona posteriormente – mesmo que você nunca clique em nenhuma imagem!Dessa forma, o Yahoo não precisa continuar enviando solicitações por conexões HTTP/1.1 para cada imagem em seu site - eles apenas salvam todas em arquivos em disco até que alguém realmente queira exibi-las!

Caches de aplicativos são tipos especiais de caches que residem em servidores e não em aplicativos individuais, como navegadores ou clientes de e-mail.Os caches de aplicativos podem acelerar os tempos de acesso armazenando versões pré-carregadas de aplicativos ou sites acessados ​​com frequência para que os usuários não precisem esperar que esses recursos sejam carregados do zero sempre que os experimentarem.

As diretivas de cache permitem que os administradores controlem a frequência com que o conteúdo em cache deve expirar com base em critérios específicos, como status de autenticação do usuário ou data de expiração da sessão, etc., o que ajuda a reduzir problemas de conteúdo obsoleto, melhorando a experiência do usuário final. As diretivas de cache também ajudam a otimizar o tráfego do banco de dados, pois os objetos expirados não precisam mais ser recuperados das tabelas do banco de dados.

A invalidação de cache permite que os administradores invalidem objetos em cache automaticamente após decorridos determinados períodos, independentemente de os usuários tentarem ou não acessá-los. A invalidação ajuda a garantir a atualização entre os objetos em cache, melhorando assim o desempenho geral do sistema, especialmente sob altas cargas, onde as invalidações podem se tornar infrequentes devido à contenção causada por vários usuários ativos acessando o mesmo objeto simultaneamente por meio de seus respectivos navegadores, com conseqüentes condições de corrida levando a um lado vencedor. consequências desastrosas, por exemplo, transações perdidas com impacto comercial associado, ou ambos os lados paralisados, levando eventualmente a uma situação de envenenamento de cache, onde algum outro processo começa a consumir espaço de cache, degradando totalmente a disponibilidade do sistema, independentemente de quais técnicas de otimização possam ter sido empregadas até agora ....

Quais são algumas estratégias comuns de armazenamento em cache?

Existem muitas estratégias de cache, mas algumas das mais comuns incluem:

- Cache de arquivos estáticos: é onde um site armazena cópias de todos os arquivos estáticos necessários para que eles não precisem ser baixados toda vez que alguém visita o site.Isso pode economizar muita largura de banda e tempo.

- Cache de conteúdo dinâmico: é onde um site armazena cópias das versões mais recentes de seu conteúdo dinâmico (como perfis de usuários ou informações de produtos) para que não precise ser recarregado toda vez que alguém visitar o site.Isso também pode economizar largura de banda e tempo.

-Respostas do servidor de cache: Quando um site envia solicitações para outros sites, ele pode armazenar em cache os resultados dessas solicitações em seus próprios servidores para acelerar solicitações futuras.

-Caching de dados da sessão: os sites geralmente rastreiam quais usuários estão logados no momento e usam essas informações para gerar páginas automaticamente para eles sem precisar enviar páginas individualizadas a cada vez.

Como você pode determinar o que deve ser armazenado em cache?

Quais são os benefícios do cache?Como você pode otimizar sua estratégia de cache?Quais são alguns mecanismos comuns de cache?Quando você deve limpar os dados armazenados em cache?Quais são algumas práticas recomendadas para armazenar dados em cache?

  1. Cache de dados para melhorar o desempenho.
  2. Entenda o que deve ser armazenado em cache e por quê.
  3. Otimize sua estratégia de cache para alcançar os resultados desejados.
  4. Limpe os dados em cache quando necessário para manter o desempenho.

quanto tempo os dados devem permanecer no cache?

Por quanto tempo os dados devem permanecer no cache?Essa é uma pergunta difícil de responder porque depende de vários fatores, incluindo o tipo de dados e a frequência com que são usados.De um modo geral, no entanto, os dados em cache devem ser mantidos o maior tempo possível para melhorar o desempenho.

O que acontece quando o cache está cheio?13. Como você invalida entradas de cache desatualizadas?

  1. Quais são os benefícios de usar um cache?
  2. Como você pode otimizar suas configurações de cache?
  3. Quando os dados são armazenados em cache, eles são armazenados temporariamente no dispositivo para agilizar futuros acessos.Isso pode ser útil quando você acessa informações com frequência ou quando deseja evitar ter que carregar as informações da rede sempre que precisar.
  4. As entradas de cache podem ficar desatualizadas se não estiverem mais sendo usadas ou se os dados que contêm foram alterados desde a última recuperação do servidor.A invalidação de entradas de cache desatualizadas pode ajudar a melhorar o desempenho, evitando o carregamento desnecessário de dados do servidor.
  5. Há muitas maneiras diferentes de otimizar suas configurações de cache para atingir metas de desempenho específicas.Por exemplo, você pode querer desabilitar o cache para certos tipos de conteúdo para reduzir o uso da largura de banda ou aumentar a experiência do usuário em redes lentas; ou você pode querer limitar o cache apenas a seções específicas do seu site para minimizar os requisitos de espaço em disco e melhorar o tempo de carregamento da página.
  6. A otimização de cache é um processo contínuo que deve ser avaliado e atualizado regularmente conforme necessário, não apenas para melhorar o desempenho geral do site, mas também para atender às necessidades e expectativas em evolução dos usuários.